Federação Nacional das Associações dos Oficiais de Justiça Avaliadores Federais

Federação Nacional das Associações dos Oficiais de Justiça Avaliadores Federais

DIRETORIA DA AOJUSTRA PROMOVE PRIMEIRA REUNIÃO DO ANO E TRATA DA REALIZAÇÃO DO 10º CONOJAF PDF Imprimir E-mail
Escrito por jornalista Caroline P. Colombo   
Sex, 20 de Janeiro de 2017 13:31

A diretoria da Aojustra realizou, na última terça-feira (17), a sua primeira reunião do ano. Dentre os temas abordados, os dirigentes trataram da realização do 10º Congresso Nacional dos Oficiais de Justiça Avaliadores Federais (Conojaf), que ocorrerá entre os dias 6 e 9 de setembro, em São Paulo.

O presidente da Fenassojaf, Marcelo Ortiz, estará na capital paulista, ainda neste mês de janeiro, para tratar da organização do evento. Segundo a Aojustra, neste encontro, será apresentado um relatório da proposta e do que já foi feito para a realização do Conojaf.

Ainda na reunião da terça-feira, a diretoria da Aojustra fez um balanço e uma avaliação da atuação em 2016, considerando erros, acertos e possibilidades de evolução. Os diretores também fizeram um levantamento das pendências que ficaram para este ano. “Uma delas é o recurso sobre o pagamento da Indenização de Transporte durante a greve de 2015. O pedido de reconsideração encaminhado à Presidência do Tribunal foi indeferido e nossa Assessoria Jurídica prepara agora um recurso ao Órgão Especial”, explica.

Outro tema importante para este ano é a mobilização contra a proposta de reforma de Previdência encaminhada pelo governo ao Congresso. “A principal conclusão foi de que precisamos mostrar o quanto ela nos prejudica e quantos anos de trabalho acrescenta a cada um de nós. A partir daí, precisamos nos unir às demais entidades de servidores públicos numa grande mobilização para impedir que essa proposta seja aprovada como quer o governo”, enfatiza a Associação.

Mais informações sobre o 10º Conojaf serão divulgadas posteriormente.

com a Aojustra

 
SINDOJUS/CE LANÇA PESQUISA SOBRE A SAÚDE E SEGURANÇA DO OFICIAL DE JUSTIÇA PDF Imprimir E-mail
Escrito por jornalista Caroline P. Colombo   
Sex, 20 de Janeiro de 2017 12:54

O Sindicato dos Oficiais de Justiça do Ceará (Sindojus/CE) lança pesquisa para obter informações sobre a saúde e a segurança dos Oficiais de Justiça durante o cumprimento de mandados. Através de um questionário formado por 34 perguntas será traçado um perfil da categoria e o grau de risco ao qual está exposta no exercício da função. Serão levantados ainda dados sobre a importância do porte de armas e de equipamentos de segurança, tais como colete balístico. Os sindicalizados receberão, em seu e-mail, um link com as perguntas a serem respondidas.

A partir dos dados coletados, a entidade estuda desenvolver um aplicativo para smartphones. A ideia é que o Oficial possa utilizar em situação de perigo. Ao acionar o dispositivo de alerta, uma mensagem seria encaminhada para os que estejam nas proximidades e ao sindicato, a partir daí, as devidas medidas seriam tomadas.

com o Sindojus/CE

 
FENASSOJAF EMITE CONDOLÊNCIAS PELA MORTE DO MINISTRO TEORI ZAVASCKI PDF Imprimir E-mail
Escrito por jornalista Caroline P. Colombo   
Sex, 20 de Janeiro de 2017 11:34

A Federação Nacional das Associações dos Oficiais de Justiça Avaliadores Federais (Fenassojaf) emite condolências a todos os familiares e amigos do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Teori Zavascki, morto em um acidente aéreo ocorrido na tarde desta quinta-feira (19).

Zavascki era o relator da Operação Lava Jato e viajava de férias para Paraty, quando a aeronave em que estava caiu no litoral do Rio de Janeiro. Outras quatro pessoas também morreram no acidente.

Segundo a Infraero, a aeronave decolou às 13h01 do Campo de Marte, em São Paulo, com destino a Paraty, e caiu próximo à Ilha Rasa, a 2 km de distância da cabeceira da pista do aeroporto da cidade fluminense. O acidente ocorreu por volta das 13h45.

A apuração das razões técnicas que contribuíram para o acidente, como a influência do mau tempo, da aeronave e do piloto, ficam a cargo do Cenipa, que esteve no local da queda nesta quinta-feira. O Ministério Público Federal (MPF) e a Polícia Federal (PF) irão apurar as causas da queda do avião.