NOTÍCIAS

23/09/2022 12:22:28

TRT-15 LIDERA RANKING DO CSJT NOS TRÊS PRIMEIROS DIAS DA SEMANA NACIONAL DE EXECUÇÃO TRABALHISTA


O Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região homologou R$ 55.387.285,60 nos três primeiros dias da Semana Nacional de Execução Trabalhista, que começou na segunda-feira (19) e termina nesta sexta (23). Com o resultado parcial, o TRT-15 lidera o ranking do Conselho Superior da Justiça do Trabalho entre os tribunais de grande porte. Até quarta-feira, foram realizadas nas unidades da 15ª Região, nas fases de execução e conhecimento, 6.650 audiências de conciliação, com 1.955 acordos e 29.818 pessoas atendidas.

Nos três primeiros dias também foram liberados, por meio de alvarás, R$ 62.909.598,26 referente a processos na fase de execução. Os números foram divulgados pela Coordenadoria de Estatística e Pesquisa do TRT-15 na quarta-feira (21).  

Inspirada na Copa do Mundo de Futebol que será realizada em novembro/dezembro deste ano, no Qatar, a 12ª edição da Semana Nacional da Execução Trabalhista traz como slogan “Na cara do gol - vire o jogo e finalize seu processo”. Coordenada pelo CSJT e pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST), a Semana conta com a participação dos 24 TRTs.

No TRT-15, o esforço concentrado envolve magistrados e servidores de 1º e 2º Graus, os 15 Centros Judiciário de Métodos Consensuais de Solução de Disputas da Justiça do Trabalho (Cejuscs) e as 14 Divisões de Execução, que estão promovendo leilões de bens, sob coordenação da Coordenadoria de Pesquisa Patrimonial, para efetivar o pagamento das dívidas trabalhistas. No balanço parcial, as hastas públicas somam R$ 22.651.349,10 em bens arrematados.

Para a presidente do TRT da 15ª Região, desembargadora Ana Amarylis Vivacqua de Oliveira Gulla, a realização de um esforço concentrado do Judiciário Trabalhista é de extrema importância, principalmente em razão dos impactos causados pela pandemia, que ainda persistem na sociedade, que aos poucos retoma a normalidade. “Além de priorizar as ações voltadas à solução dos processos por meio de uma execução célere, efetiva e do incentivo à pacificação social, a iniciativa contribui para a economia, ao proporcionar o pagamento dos créditos trabalhistas”, salientou. A magistrada também comemorou os resultados parciais, que demonstram o engajamento de magistrados e servidores do TRT-15.

Fonte: TRT-15